FAFICA realiza XVI Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão – EEPE


Evento acontece de 06 a 10 de novembro e as inscrições podem ser realizadas online ou na Tesouraria da FAFICA

 

A FAFICA realiza o XVI Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão (EEPE) de 06 a 10 de novembro. Coordenado pelo professor Adilson Ferraz, nesta edição, o tema trabalhado será: “Tecnologias e Desenvolvimento Humano: construindo saberes com responsabilidade”. A programação conta com Conferências, Minicursos, Concurso de Banners, Grupos de Trabalho (GTs), Oficinas, Palestras, Mesas-redondas, atividades culturais e sociais.

 

Estudantes da FAFICA e de outras instituições, professores, pesquisadores e comunidade em geral podem participar das atividades. As vagas são limitadas. Até o dia 30 de setembro, a inscrição no EEPE custa R$ 45,00 (quarenta e cinco reais) e pode ser realizada online ou na Tesouraria da FAFICA.

 

A participação nos lançamentos de livros, palestras, mesas-redondas, atividades sociais e culturais é aberta, sem necessidade de reserva de vaga. Para participar das conferências, minicursos, oficinas e GTs (para apresentação de pesquisa) é necessário primeiro se inscrever no evento/na oficina. Após o pagamento da inscrição (na Tesouraria ou online), o participante deverá reservar sua vaga em minicurso/oficina.

 

Informações e a programação completa no site oficial: eepe.fafica-pe.edu.br

 

Sobre o EEPE:

 

CONHECER E MUDAR O MUNDO

 

A Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru – FAFICA tem se consolidado como uma das instituições mais importantes do estado de Pernambuco, renovando a cada ano seu compromisso com a qualidade do ensino, pesquisa e extensão. As atividades que desenvolve são norteadas pela concretização da justiça social, fraternidade, de uma cidadania efetiva e promoção da cultura. É partindo dessa visão institucional que há dezesseis anos é realizado o Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão – EEPE.

 

​Este ano o XVI EEPE tem como tema: “TECNOLOGIAS E DESENVOLVIMENTO HUMANO: CONSTRUINDO SABERES COM RESPONSABILIDADE”. A academia, em seu papel primordial de suscitar a produção do conhecimento, incorpora cada vez mais os avanços tecnológicos. Entretanto, não só equipamentos e dispositivos são substituídos incessantemente pelos mais modernos, mas há uma busca por novas técnicas de aprendizagem e metodologias pedagógicas. Em que medida o potencial das novas tecnologias pode ser usado para incrementar o desenvolvimento humano? Por outro lado: o avanço das ciências ocorre sem perda da ética nas relações sociais? Como tecnologias disruptivas podem construir uma sociedade mais humana? É objetivo do EEPE deste ano discutir estas e outras questões que nos levam a refletir sobre a utilização responsável dos saberes, partindo da relação entre tecnologia e humanismo.

 

EEPE-Cartaz-A3-FINAL-E-CORRETO!