Estudantes realizam mais uma edição do Ateliê Afro-brasileiro na FAFICA


Apresentações de artes, instrumentos e degustação de comidas da cultura africana fizeram parte da programação

 

Na última quinta-feira (22), os estudantes dos cursos de pedagogia e História realizaram mais uma edição do “Ateliê Afro-brasileiro: espaço de saberes e sabores”, na FAFICA. O evento foi realizado na Tenda de Leituras com exposição de artes, instrumentos e relatos da cultura e da história do povo africano. Também foi disponibilizado para degustação alimentos da culinária africana. Idealizado pelo professor Wilson Rufino, no âmbito da disciplina de Estudos Realizados na turma do oitavo período de Pedagogia, as atividades foram acompanhadas por ele.

 

Durante o Ateliê, várias atividades trabalham questões voltadas para a cultura afro-brasileira, o que descende da África, mas que foram produzidos no Brasil. O curso de pedagogia foca nos aspectos da cultura, música, tradições e personalidades da África, enquanto os estudantes de história pesquisam e apresentam trabalhos sobre países africanos.

 

Além da exposição de imagens e degustação de comidas, um grupo de capoeira esteve presente e demonstrou um pouco do que é capoeira e o maculelê, dança folclórica brasileira de origem afro-brasileira e indígena.

 

O professor do curso de Pedagogia, Wilson Rufino falou obre o objetivo do evento. “Desde 2015 que realizamos no curso de Pedagogia o Ateliê Afro-brasileiro que trabalhamos aspectos da cultura afro-brasileira e os estudantes do curso de História falam sobre países africanos. Esse evento compõe a grade de atividades da Semana da Consciência Negra realizada na Fafica”, explica.

 

Fotos: Ermesson Cruz

 

 

Clique aqui e veja todas as fotos do evento.